Saiu! Calendário PIS/Pasep é antecipado para fevereiro; Veja as datas

[ad_1]

Conforme divulgado no Diário Oficial da União (DOU) em nova resolução desta sexta-feira, 5, o calendário de pagamentos restantes do abono salarial PIS/Pasep 2020-2021 teve suas datas antecipadas.

Agora, nascidos nos meses de março a junho, ou que possuem o número final de inscrição entre 6 e 9, receberão o benefício no próximo dia 11 de fevereiro. A diferença do novo cronograma chega a mais de um mês quando comparado ao calendário anterior, que creditaria aos beneficiários os valores somente no dia 17 de março.

Novos calendários PIS/Pasep 2020-2021

Enquanto o PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada, e tem a Caixa Econômica Federal como banco encarregado pelos pagamentos, o Pasep é repassado aos servidores de instituições públicas, sob responsabilidade do Banco do Brasil.

Segundo nova resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), beneficiários que forem correntistas da Caixa receberão o dinheiro do PIS direto na conta a partir do dia 9 de fevereiro. Já em relação ao Pasep, funcionários públicos que possuem conta no Banco do Brasil também terão os valores depositados em conta na mesma data.

No caso de trabalhadores que não são correntistas da Caixa, o dinheiro será depositado via conta poupança social digital, com possibilidade de movimentação pelo aplicativo Caixa Tem.

Veja abaixo os novos calendários divulgados pelo governo, que leva em consideração o mês de nascimento do trabalhador (PIS) ou número de inscrição como servidor público (Pasep):

PIS (voltado para funcionários de empresas privadas)

Novo Calendário PIS 2020 2021

Pasep (destinado aos servidores da iniciativa pública)

Novo Calendário Pasep 2020 2021

Vale destacar que a antecipação dos pagamentos referentes ao abono salarial acontece diante do aumento no número de infecções pelo novo coronavírus no início deste ano. Os recursos ficarão disponíveis até 30 de junho de 2021, data final para os saques.

Valor e requisitos para os saques

Os valores do abono salarial para este ano variam de R$ 92 a R$ 1.100. Isso porque o reajuste do benefício acontece anualmente, de acordo com a correção do salário mínimo. Recebe o valor máximo quem trabalhou 12 meses no ano-base de referência.

Para esta rodada, têm direito ao benefício aqueles que trabalharam por pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2019, recebeu, em média, até dois salários mínimos, têm inscrição há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e estão com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Mais informações sobre o direito ao saque, bem como resgatar o dinheiro, podem ser encontradas no site da Caixa (www.caixa.gov.br/PIS) ou telefone 0800-726-02-07, no caso do PIS. Já em se tratando do Pasep, a consulta é feita pelo telefone 0800-729 00 01 ou indo em qualquer agência do Banco do Brasil.

Leia ainda: Saque extra do PIS pode chegar até R$ 1.100 para todos em 2021



[ad_2]

Source link